O Mercado de São José


" Em Paris Louis Léger Vauthier se prepara para mais uma encomenda do Governo da província de Pernambuco, o Mercado de São José. É em 1871, inspirado pelo Mercado de Grenelle, que ele projeta para o atual governador, Henrique Pereira de Lucena, conhecido como o Barão Lucena, essa nova estrutura toda feita de ferro trazido da Inglaterra, Portugal e França.

A obra do Mercado de São José começa em 1872 e vai até 7 de setembro de 1875, sendo inaugurado por João Pedro Carvalho de Morais, o atual presidente da província, no local que era o antigo Largo da Ribeira do Peixe. Conserva até hoje detalhes da arquitetura neoclássica dos mercados europeus do século XIX. É o único mercado desse tipo que ainda existe no Brasil. Ocupa uma área de 3,500 metros quadrados, medindo 48,88m de frente e 75,44m de comprimento. É um importante centro de abastecimento do centro de Recife e um ponto de atração turística do estado de Pernambuco
".

"O Mercado já passou por várias reformas: em 1906, com duração de dez meses, em 1941, com a substituição das venezianas por cobogós, e em 1989, após um grave incêndio que destriuiu parte do mercado. A reinauguração ocorreu apenas em 1994.

O Mercado de São José foi tombado patrimônio histórico pelo IPHAN
".
(fontes: Wikpedia e Overmundo)

Neste último 07 de setembro, o Mercado de São José completou 135 anos. Para mim é um prazer imenso falar desse gigante que é tão presente em minha vida nos dias de hoje, já que nele compro desde objetos de decoração a material para minhas artes. Para aqueles que vierem a Recife, não deixem de visitá-lo, mas acima de tudo não esqueçam de pesquisar bastante entre os inúmeros boxes, pois a variação de preço às vezes assusta.

Por fim, deixo uma canção popular que sempre me lembro quando penso no Mercado

Beijos a todos

E não esqueçam de participar do nosso sorteio!!!

Comentários

  1. Oi amiga...adorei conhecer esta história.....e adoraria poder conhecê-lo tbm.Que delicia deve ser passear por ele, com dimdim no bolso né....hehe......
    Bjo, bjo.

    ResponderExcluir
  2. Elaine,

    Adoro mercados públicos, em viagens sempre procuro visitá-los. Adorei conhecer, através do seu post, o de Recife.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Elaine, obrigada por seguir meu bloguinho, vou tentar colocar tudo sobre a nossa LONGAAA estrada de construção.
    Adorei o post, eu pasaria o dia aí, deve ter 1000 coisinhas legais.
    Bjs

    acasinhaencantada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. aimeuDeusdocéu .... adoro mercados, amo, semana passada estive no mercado de Campinas/SP, e comprei 4 alpargatas, lembra? aquelas sapatilhas com sola de corda, adoreiiiii. Quero ir para o Recife conhecer o seu mercado.
    E vou heim !!!!!
    Sucesso
    meumundocordeabobora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Muito show o Mercado... Lindo, são pequenas coisas que nos fazem ter orgulho de ser Pernambucana!!!
    ___

    Seu que bairrismo demais é ignorância, mas bairrismo de menos para mim é burrice... então me dou ao luxo de amar essa terra e sua história!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine!
    Vim retribuir a visitinha ao meu blog!
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Também sou formada em história, adoro pesquisar e ser dona de casa. gostei do seu blog e vou voltar outras vezes, além de ti seguir e linkar.
    Abraços,
    Anabela.

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine que legal este Mercado...Nossa tem é coisa para se ver e comprar, e também transformar...Artesanato...Muito legal. Não conheço o Recife, dizem que as praias são lindas...Um dia vou visitar. Espero sua visita...Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Elaine,
    Obrigada pela visitinha! Vim aqui pra te conhecer! Quando for a Pernambuco, é claro que vou visitar esse mercado! Adoro mercados, são muito interessantes e acho que acabam contando sobre a história do lugar!
    Ah, gostei de ver as fotos da sua festa e a tradição da panela quebrada...é como a pinhata para os mexicanos, não é?rs! Nunca tinha visto, achei muito diferente!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine queridaaaa!!!

    Nossa, mas que mercado bacana heim? Adorooo mercados municipais, tem de tudo um pouco, o tratamento é como de feira-livre de SP. E dá pra comprar milhares de temperos, tudo de bom...

    Pena que nosso país preserve tão mal os prédios públicos né? A reforma só chega qdo está tudo aos pedaçoes, em SP foi assim e até aqui na minha cidade, de 280 mil/hab foi assim.... Inacreditável!

    *****

    Obrigada pelas lindas palavras de felicitações pelo 1º ano lá no blog :O)

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  11. Prazer é meu lindinha rever o mercado por estas fotos, já estive lá e comprovei as delicias e belezas que podemos comprar lá, maridão e Pernanbucano de Paulista (cabra macho)que amo muito rsrsr
    Parabéns pro mercadão \0/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Podem entrar! A casa é humilde mas feita com muito amor!

Postagens mais visitadas deste blog

Filofax Saffiano Personal Compact

GTD

Planner da casa - Meu A5