sábado, 25 de março de 2017

Gerenciando seu tempo


Revendo a série The Tudors, vi em um dos últimos episódios, quando Henrique VIII conversa com o amigo Charles Brandon – ambos já velhos - sobre as coisas que eles perderam ao longo da vida. Em um dado momento, Henrique diz que virtude e honra são coisas que um homem pode recuperar, mas tempo é algo irrecuperável.

E assim são os tempos de hoje, onde cada vez mais precisamos de tempo: para trabalhar, para estudar, para dormir, comer, cuidar dos que estão sob nossa responsabilidade, e principalmente cuidar de nós mesmos.

Por isso é importante gerenciar bem nosso tempo, seja na vida profissional, seja na vida pessoal. Gerenciar para que tenhamos condições de dar conta do nosso trabalho, da nossa casa, da nossa família, e de nós mesmos.

O sistema Fly Lady nos ajuda a cuidar da casa dia a dis, sem precisar tirar um dia inteiro que deveria ser de descanso/com a família para faxina. Mesmo que você não gaste o dia inteiro, quando terminar a faxina vai está tão cansada, que vai ter pique apenas para dormir, ou ficar jogada no sofá.

Já oo GTD, nos possibilita organizar nossas ações, de modo que tenhamos conhecimento do que precisamos fazer, em que ordem precisamos fazer, nos levando a realmente concluir nossos objetivos, e não definimos uma ação , e descobrirmos depois que não temos o material ou as condições necessárias para a conclusão. No nível mais avançado, o GTD nos ajuda a focarmos apenas nos objetivos que tenham a ver com nossos princípios e com a visão de futuro que queremos ter.

Ultimamente tenho passado menos tempo na internet (um grande “ladrão” de tempo nos dias de hoje), focando nos cuidados com a casa, na atenção à família, e no cuidado comigo mesma – desenvolvendo outros hobbys, voltando a ler e assistir mais filmes/séries. Estou conseguindo criar hábitos que não dei a devida atenção. O resultado disso, é que hoje eu diminuí drasticamente a quantidade de vezes que almoço fora , estou mantendo uma rotina regular de estudo (pouco tempo, mas é o que temos pra hoje), e me dando ao luxo de às vezes não fazer nada, pois sei que está tudo sobre controle.

Bom, o texto é apenas o relato de minha experiência. Para quem quiser saber mais sobre os métodos citados, basta dar uma olhada nos posts mais antigos do blog. Fiquem à vontade pra perguntar!

Até mais!

quinta-feira, 16 de março de 2017

Meu novo eterno amor!

Olá!

Essa semana chegou  mais um planner por aqui:





Trata-se da Filofax Pocket Domino Soft, cor Fawn. Eu sempre gostei do modelo Domino, mas o interior em camurça dos modelos padrão, bem como as cores vibrantes  do modelo Patent, não me agradavam.

A Domino soft é feita em couro sintético, tendo um toque muito gostoso. Chega a ser levemente texturizada, mas bem simples de limpar.



Vou começar a usá-la hoje, depois volto aqui pra falar do que achei!

Até mais!

sexta-feira, 3 de março de 2017

Usando mais de um planner!

Olá a todos!

Espero que tenham tido um ótimo Carnaval, seja descansando, seja na folia. Dois meses passaram, já estamos em março, e agora não tem desculpa: O ano começou!

Uma pergunta que os usuários de planners mais antigos sempre escutam, sejam de recém chegados nesse mundo, seja das pessoas à nossa volta, é: Pra quê tantos planners? Você usa todos?

Quando entramos nesse mundo, são muitas novidades! E a cada ano vão surgindo outras. É natural termos vontade de testar tudo.  Por outro lado, também podemos ter os planners não só como planejador, mas também como coleção. Aí vamos trocando de capa como trocamos de humor, ou simplesmente deixar lá na estante mesmo, como qualquer outra coleção.

Em quase um ano e meio nesse mundo, eu testei vários estilos de planner, fora os argolados: Bullet Journal, Doris, Moleskines, Molang... Desses, os únicos que estou usando são os Dori, e o Bullet Journal , embora em planner argolado.

Meu sistema de organização atual está assim:

Fichário A5 - Planner da casa;
Personal Filofax Original - GTD (Até daria pra colocar no A5, mas organizei no personal para ter mais mobilidade);
Filofax pocket - Planejamento semanal, compras, e  notas gerais - o planner de bolsa, e também minha carteira;
Acraft - Com cadernos de receitas e financeiro

Em uso, só tenho esses mesmos. O pocket, sempre estou alternando entre as capas. O Acraft, caso queira, tenho uma capa Deiadori para alternar. Parece muito? Não acho! Esses planners foram os que mais gostei, e como já os tinha em mãos, decidi aproveitá-los da forma que achei funcional.

E vocês? Quantos planners têm? Para aqueles que tem um, ele consegue te atender bem? Para os que tem mais de um, usa todos ou tem como coleção mesmo?




Olha isso aqui também...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...